Päiväkirja-arkisto kohteelle helmikuu 2021

16. helmikuuta 2021

Algumas referências para a identificação de espécies

Lähetetty 16. helmikuuta 2021 00:06 käyttäjältä mferreira mferreira | 0 kommenttia | Jätä kommentti

18. helmikuuta 2021

Protocolo para observação e identificação de espécies autóctones

  • Num raio de algumas dezenas de metros, realizar registos rápidos (1 foto) de espécies representativas do habitat e facilmente identificáveis visualmente.
  • Realizar um registo detalhado da espécie que se pretende identificar, preferencialmente com fotografias da flor vista de cima, flor/inflorescência vista de baixo, cacho de inflorescências (quando aplicável), superfície superior da folha, superfície inferior da folha, pecíolo, planta completa, mancha com várias plantas.
  • Se possível fotografar os detalhes contra uma folha de papel quadriculado (5mm).
  • Se necessário, fotografar alguns detalhes com uma aplicação dedicada (com possibilidade de bloqueio do foco) e importar para o registo da observação.

Acedendo ao iNat no computador, recolher as listas de (8?) espécies visualmente semelhantes a cada uma das fotos.

  • Para cada uma das espécies referidas e para cada uma das fotos, atribuir uma pontuação igual à sua posição na lista ou igual a uma vez e meia o comprimento da lista se estiver ausente dessa lista em particular.
  • Ordenar as espécies visualmente semelhantes por ordem crescente das somas das suas pontuações.
  • Confirmar se todas essas espécies ocorrem em território português: primeiro no iNat, depois na Checklist e depois em Flora-on.pt (atenção à eventual utilização de sinónimos).
  • Compilar uma primeira lista de espécies prováveis, mediante supressão das espécies que não ocorrem em território português.
  • Analisar a taxonomia dessas espécies e identificar as famílias ou géneros a que pertencem.

No computador, consultar http://flora-on.pt .

  • Procurar espécies em floração no mesmo mês, dentro da mesma família ou género.
  • Refinar a lista de espécies prováveis, acrescentando ou excluindo espécies.

No iNat (editar observações -> pesquisar), listar outras espécies observadas no mesmo local. Analisar a lista de espécies relacionadas com cada uma dessas espécies.

  • Para cada espécie provável, procurar essa espécie nas listas de espécies relacionadas com as outras espécies observadas no local: se surgir, atribuir uma pontuação igual ao quociente da posição em que aparece pela extensão da lista; se não surgir, atribuir uma pontuação fixa superior a 1, por exemplo 1,5.
  • Somar as pontuações para cada uma das espécies prováveis (confirmar que está a ser considerado sempre o mesmo número de parcelas) e ordenar as espécies por ordem crescente das pontuações obtidas.

Analisar em detalhe cada uma das espécies mais prováveis.

Decidir qual a espécie mais provável. Nas anotações da observação incluir uma lista de espécies relacionadas aparentemente presentes no mesmo local, numeradas pela ordem em que aparecem na lista de espécies relacionadas em flora-on.pt : isso poderá ajudar a confirmar a ID caso venham a ser feitos registos dessas espécies nas proximidades.

Caso a observação seja identificada por mais do que um utilizador mas a ID da comunidade não alcance nível de espécie ou superior: uma vez decorridos pelo menos 6 meses após o registo, indicar que "a ID da comunidade é a melhor possível", para que a observação obtenha Grau de Pesquisa se tiver uma identificação suficientemente precisa.

Lähetetty 18. helmikuuta 2021 12:44 käyttäjältä mferreira mferreira | 5 havaintoa | 0 kommenttia | Jätä kommentti